Festa do Cavalo de Colina

Festa do Cavalo de Colina
Revista Prefeitô Informa 1987

Família Tonus


Fámilia Tonus





Vídeos Cedidos por José Mario Tonus

José Mario Tonus enviou todo o material de sua família e depoimentos sobre sua vida via e-mail no dia 31/07/2011 (contato: jtonus69@gmail.com )

Mais informações sobre a Fámilia Tonus você encontra através destes links:

Blog José Mario Tonus : http://blogdomariotonus.blogspot.com.br
Link Livro Sobre a Família Tonus
http://www.myheritage.com.br/site-photo-albums-36029002/tonus#!photo-36029002-999997-0-1954
Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=sh0Wy7OT2gA
Picasa Album:
https://picasaweb.google.com/colina.spaulo/JoseMarioTonusDosParoDoMonteBeloCompiladorVideoClipMakerEOrquidofilo?feat=flashalbum#5631542351384409154



Nota Histórica por José Mario Tonus

1929 - Benedito Paro bisavô materno de José Mario Tonus
Família de Antonio Benedito Paro - 1929 a 1ª a direita é Aurélia Paro Tonus mãe de José Mario Tonus


Avós Paternos de José Mario Tonus

Antonio Benedito Paro e Eugênia Girardi Paro 1953
Avós Maternos de José Mario Tonus


Guerino Tonus e Aurélia Paro Tonus 1974
Pais de José Mario Tonus


Bodas de ouro de Antonio Benedito Paro e Eugênia Girardi Paro 1953

Bodas de ouro de Antonio Benedito Paro e Eugênia Girardi Paro 1953
da direita para esquerda o 3º sentado José Mario Tonus

Família de Guerino Tonus no sítio do Monte Belo 1962
1º da esquerda José Mario Tonus

Família de Guerino Tonus no sítio Monte Belo 1963
1º da esquerda José Mario Tonus

Congregados Marianos do Monte Belo 1963
Da direita para esquerda o 5º de pé José Mario Tonus


Igreja do Monte Belo 1963
da esquerda para direita encostado na cerca José Mario Tonus


"O ultimo e desgarrado de todos e o maior é Amavel Rosano Paro"


Grupo Escolar Monte Belo


Formatura dos Alunos do grupo do Monte Belo 1957
na 1ª fila da direita para esquerda o 4º José Mario Tonus


Eu, José Mario Tonus o quinto filho de Guerino Tonus e Aurélia Paro Tonus, nascido em Colina, Bairro Monte Belo, no sítio do Sr. Carlos Paro as 16:30h do dia 16/05/1947, no mesmo horario m que ocorria um eclipse solar, o qual veio escurecer por completo a tarde, por algumas horas. Nosso pai sempre dizia, que ao buscar a parteira, para acompanhar nossa mãe durante o parto, quando ainda faltava alguns metros para chegar em sua residência, notou que as galinhas procuravam seus puleiros para dormir, achando que ja era noite, isto foi um fato marcante na época.

Aos dois anos de idade, nossos pais foram morar no sítio do Sr. Antonio Vichine e nossa mãe me dizia, que quando estava trabalhando na roça, ajudando nosso pai a capinar o cafezal, deixava-me sob um pé de café a beira do carreador. Segundo nossa mãe, muitas vezes eu permanecia o dia todo naquele local , até findar o seu dia de trabalho, já pelas dezesseis horas, quando ia para casa, cuidar dos serviços da casa e dos outros irmãos, que muitas vezes haviam ficado na casa do vizinho, que era bem próximo a nossa casa.
Quando já estava com três ano, eu e meu irmão José Antonio, brincávamos com carrinhos de carretel de linha de costura, que o Oliveiro, filho do Sr. Luiz Piai, casado com a Sra. Pierina Piai e tambem padrinho e madrinha de meu batizado, fazia para nós.

Aos quatro anos, morndo ja na fazenda Monte Bello, do nosso avô Antonio Benedito Paro, gostava muito de brincar no quintal , que tinha muitas frutas, no campo de futebol e de ir com nosso pai até as fazendas vizinhas para comprar ovos e limão galego. Nesta época iamos nadar e pescar em um riacho, que passava no fundo da fazenda e bem perto de onde morávamos..

Em seguida, quando fomos morar no sítio, que era do Sr. João Galdino, onde antes de nós morava nosso tio Luiz Antonio Paro e sua família, eu e meus irmãos iamos com nossos pais, as missas aos domingos. Algumas vezes em Monte Bello e outras vezes em Colina. Utilizava-mos como transporte para irmos as missas uma charrete com cavalo que compramos do tio Vergínio Tonus (Gino).

Moramos neste sítio ate que completei dezoito anos em 1965, quando de lá saimos e fomos morar em Colina e durante este tempo, frequentei o Grupo Escolar Professor Adão Corrêa Mellges, situado na Fazenda Monte Bello, do nosso avô Antonio Benedito Paro, onde cursei do promeiro ao quarto ano primário e na formatura, da qual o Sr. João Henrique Paro foi nosso paraninfo e nos presenteou com uma caneta preta Johan Fabri. Foi um dia inesquecivel, pois usamos calça cumprida azul e camisa branca com colarinho e uma gravata borboleta preta, a qual guardo até hoje de recordação.

Aos oito anos, depois de frequentar por um ano o catecismo, que nos era ensinado pelo nosso avô Antonio Benedito Paro, fiz minha primeira comunhão na igreja Nossa Senhora Aparecida do Monte Bello e o padre foi o Sr. Padre Pio, que logo veio a falecer e substituido pelo Cônego Plácido.

Neste local trabalhei bastante, pois ajudava na ordenha das vacas, levava o leite até onde o leiteiro passava para apanha-lo, ajudava na roça e em todos os serviços onde nosso pai também trabalhava. Também ajudava a nossa mãe a capinar o quintal e cuidar da horta, além de ajuda-la a cuidar das galinhas e pintinhos, o que a gente tinha muito. Gostava muito de pescar, pois a gente pegava muito peixe no ribeirão, que era próximo a nossa casa. Durante a semana, à tarde, após terminar todos os trabalhos , ia até a casa do nosso vizinho, Sr. Antonio de Souza, brincar com seus filhos, José de Souza e João de Souza e jogar bola até o anoitecer e aos sábados a tarde e aos domingos ia até a colônia próxima a nossa casa que era do primo João Henrique Paro, jogar bola com a meninada, incluindo Claudio Paro e seu irmão Claudemir Paro, João Batista Pegorare, Alcides dos Santos, José Carlos Fiorelli e João dos Santos. No Monte Bello com Paulo Roberto Paro, Antonio José Paro, Jair Paro, Luiz Antonio Paro Junior, Antonio José Alves Costa, Antonio Celso do Nascimento Paro, Izaias do Nascimento Paro, todos meus primos e ainda os amigos João Soares Antonio Pires de Oliveira, José de Oliveira, Nestor de Oliveira e outros, a gente ia nadar no córrego que ficava no sítio do Sr. Policarpo Paro, sendo que esta mesma água, antes passava pelo açude do Sr. Luiz Antonio Paro (Tonhão). Isto na maioria das vezes, aos sábados, pois aos domingos quando havia jogo no campo de futebol, quem era do time segundinho, do qual eu fazia parte, ia jogar bola.

Quando tinha aproximadamente quinze anos, durante a semana na época de colheita de algodão, meu pai me emprestava sua bicicleta e eu ia até a fazenda Figueira, na lavoura do Sr. Fernandes Damascena, ou na fazenda São Brás do Sr. Ismael Martins, na lavoura do Sr. Agenos Damascena para apanhar algodão, foi com este dinheiro que eu consegui comprar meu primeiro relógio Lanco que comprei do Claudemir Paro e minha primeira bicicleta Monarque de cor marrom , que comprei do João de Souza.

Com dezessete anos, juntamente com os moços da região, aos sábados íamos aos bailes, e aos domingos à noite nos reuniamos na igreja do Monte Bello, para rezar, conversar e até mesmo namorar após o terço.

Eu tinha também dois amigos da Coudelaria ( fazenda do Estado), Paulo Capri e Renato, os dois possuiam lambretas e saiamos muito aos domingos durante o dia para ir aos matines do cinema em Colina e algumas vezes, aos sábados a noite, aos bailes da região.

No ano de 1965, nosso pai comprou em sociedade com nosso tio (Gino) Verginio Tonus, um bar e mercearia que estava instalado no prédio do nosso também tio Antonio Tonus, na esquina da Rua 13 de Maio com Rua Alfredo Simões de Campos Filho, onde morando neste mesmo prédio fui trabalhar neste bar. No mês de agosto deste mesmo ano, nosso pai comprou um terreno na Rua Angelo Martins Tristão, próximo a casa da tia Cláudia, demolindo a casa de empregados no sítio onde morávamos. Ali construiu a casa onde moramos até o dia 22 de Abril de 1966, quando nos mudamos para Americana-SP numa residência que compramos na Rua dos Salgueiros n.433, onde morei ate me casar.

Casei-me com Rosalina Fonseca Tonus, (nasceu no dia 15 de Outubro de 1948, no municipio de Torrinha), no dia 04/11/1967 e tivemos quatro filhos: Vanderson Messias Tonus, nascido em 08/05/1968 no Hospital São Francisco de Americana-Sp às 01:00hr com acompanhamento de gestação do Dr. Wantuildes Lobo; Vander Wuilsom Tonus, nascido em 28/05/1969 as 13:30h também no Hospital São Francisco acompanhado pelo mesmo médico; Rosana Aparecida Tonus nascida em 05/02/1971 às 09:00h Na clinica São Lucas em Americana-SP, permanecendo internada nos primeiros cinco dias de vida, devido a complicações de saúde teve a gestação acompanhada por Dr. Fioravante, mas veio a falecer no dia 13 de Abril do mesmo ano; e Vanize Tonus nasceu no dia 07/04/1975 às 08:00h, vindo a coincidir com a data de aniversário do seu avô Guerino Tonus, meu pai, acompanhada durante a gestação pelo Dr. Omar.

Hoje temos três filhos casados e nove netos maravilhosos, apesar de muita luta somos muito felizes, Graças a Deus...


José Mario Tonus 1981

José Mario Tonus com 16 anos em 1963

José Mario Tonus 1965

José Mario Tonus 1966

Casamento de José Mario Tonus com Rosalina Fonseca Tonus

José Mario Tonus e esposa

LEMBRANÇA DA BODAS DE PRATA DO JOSÈ MARIO TONUS E ROSALINA FONSECA TONUS- 4-11-1992

 GRAVATA DA FORMATURA DO QUARTO ANO DO JOSÉ MARIO TONUS- NO GRUPO DO MONTE BELO-1957


FORMATURA DO JOSÉ MARIO TONUS NO COLÉGIO D.PEDRO II-1976-

FORMATURA DO JOSÉ MARIO TONUS NO COLLëGIO D.PEDRO II-1976

José Mario Tonus e Rosalina Fonseca Tonus 2006 no Rio de Janeiro

José Mario Tonus da direita para esquerda no sítio que era do seu pai no Monte Belo 2001

10/12/1973 - Formatura de Vanderson Messias Tonus no parquinho


15/12/1974 Formatura Vander Wilsom Tonus no parquinho


Vanderson Messias Tonus 1º Filho de José Mario Tonus 1974


Vander W. Tonus 2º Filho de José Mario Tonus 1974

Vanize Tonus 3ª Filha de José Mario Tonus 1976

Família Tonus 1988

Família Tonus 2005

Família Tonus 2009

Família Tonus 2010

Família Tonus 2011

Família Tonus 2011


 FOTO OFICIAL DA FAMÍLIA TONUS. FEITA EM 18 DE NOVEMBRO DE 2005, POR OCASIÃO DA BODAS DE PRATA DA NOSSA IRMÃ LUIZA APARECIDA TONUS PROENÇA DE SOUSA E RUI SOARES PROENÇA DE SOUSA.
(Acervo José Mario Tonus)

Apaixonado pela natureza exibe neste video suas orquideas e flores, uma preciosidade:



José Mario Tonus é Colaborador do Facebook Colina-SP  e sempre produz ótimos vídeos sobre o município de Colina:


Av. Rui Barbosa

 
Família Paro


Família Filomeno


Igreja Matriz

Fazenda do Governo e Fazenda Colina

Turismo Rural Virtual

Família Basso


Av. Angêlo Martins Tristão

Parque Débora Paro

Colina

Homenagem aos que contribuiram para o crescimento de Colina



Clipe de Colina

Rua 07 de Setembro

2 comentários:

  1. OLÁ VÁGNER....FICOU MELHOR QUE A ENCOMENDA....PARABÉNS PELO BONITO TRABALHO QUE VEM FAZENDO.
    FIQUEI MUITO FELIZ E POSSO ADIANTAR QUE TODA MINHA FAMÍLIA TAMBÉM, COM ESTA BELA PÁGINA DA MINHA FAMÍLIA NO SEU BLOG. PARABÉNS...

    ResponderExcluir
  2. NOSSOS AGRADECIMENTO AO VÁGNER COTRIM PELA PÁGINA DO SEU BLOG DEDICADA À NOSSA FAMÍLIA TONUS.
    TEMOS QUE RESSALTAR QUE FICOU MUITO BOA E EMOCIONANTE.
    OBRIGADO VÁGNER COTRIM PELA BELA POSTAGEM ..

    ResponderExcluir