Festa do Cavalo de Colina

Festa do Cavalo de Colina
Revista Prefeitô Informa 1987

Família Meira Cotrim

Tradicional família no ramo de carnes Sebastião Meira Cotrim casado com Maria Meira Teixeira tiveram vários filhos e criaram vários outros. A carne Suina era especialidade da famíla em especial a linguiça de porco até hoje fabricada com a mesma receita e tempero pelo caçula Vanderlei Meira Cotrim (LÔ).

Sebastião Meira Cotrim era conhecido por sua indumentária caracteristica : Chapéu, Botas, sobre-tudo, guaiaca na cintura e é claro o bom e velho cigarro de palha.
Embora não bebesse, segundo seus filhos, alguns afirmam que o "Veío Mera" assim chamado, possuia um cavalo treinado. A noite quando ja passado a hora de voltar, e as vezes sem condições de se sustentar, colocavam o "Veio Mera" no lombo do cavalo, davam um tapinha no traseiro do animal que o levava com segurança até a sua casa.
Sebastião Meira Cotrim, se divertia como todos naquela época, gostava de jogatinas, competições de tiro, e valentia e uma boa conversa de bar.
Criou todos os seus filhos e ensinou a sua profissão. Todos os filhos homens tiveram suas próprias casas de carne. Sebastião e sua esposa Maria Meira Teixeira, tiveram muitos filhos de criação, na época o ramo de carnes era bem rentavel. Do porco tudo se aproveitava, vendia-se a carne propriamente dita, fazia-se a linguiça suina, o torresmo e a banha ( quase todo alimento na época era feito com banha animal, vendida em grandes latas, poucos se utilizavam de óleo de cozinha). Do porco tambem era feito o sabão em barras, este feito por Maria Meira Teixeira que veio a falecer anos mais tarde de enfizema pulmonar devido a alta exposição a soda caustica e inalação dos produtos utilizados na confecção do sabão.

Sua primeira residência e açougue foi na Av. Collina, atual Manoel Palomino Fernandes logo abaixo ao atual correio. Na esquina havia um bar, onde atualmente é a refrigeração baianinho, ao lado onde atualmente é uma farmácia era a pensão do seu Paulo que fazia fundos com a residência de Sebastião Meira Cotrim.
Anos mais tarde Sebastião mudou-se para a Rua Cel Luciano de Mello Nogueira, ali criava porcos em um grande mangueirão, que tambem possuia um matadouro, fogão de alvenaria para o preparo de torresmo e amplo local com maquinários para a destrincha do animal e fabricação da linguiça suína. Atualmente no mesmo local e residência funciona o açougue do filho caçula Vanderlei Meira Cotrim.

Seus filhos Waldemar e Valmom  na década de 60 possuiam um açougue na Rua 07 de setembro atualmente seria entre o Chiquinhos sorvetes e a Tiki Modas. Após as atividades comerciais os irmãos divertiam-se no campo de Bocha na rua 13 de Maio pertecente a família de AntonioTonussim (onde atualmente funciona o escritório Psicotécnico)

Jornal O Colinense de 21 de Abril de 1968
Anos mais tarde desfizeram a sociedade e Valmom casado com Aracy instalou seu açougue na Rua 07 de setembro, ao lado da padaria do canarinho no seu Clemente Pereira onde residiam nos fundos.

Waldemar em sociedade com Vanderlei, o caçula, construiram um açougue na R.Cel Luciano de Mello Nogueira, anos depois Waldemar construiu uma mercearia e açougue na Cohab I.

Todos trabalharam no ramo de carnes, Vanderlei tambem trabalhou para o Figorífico Colina de Assad Antônio Daher (TÔ), Vivaldo trabalhou e se aposentou trabalhando no açougue do Supermercado TÔME LEVE e Valmom na gracheira.



Sebastião Meira Cotrim
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


Maria Meira Teixeira
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


Carteira Aposentadoria Maria Meira Teixeira
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)

Da esquerda Para Direita: Waldemar Meira Cotrim, Waldomiro, Rosa, Valmom, Vivaldo, Vandereli e Valda Isa (Casada com Anavel Rosano Paro)
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


Benigna Meira Cotrim Machado filha ja falecida com cancer
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


Vanderlei Meira Cotrim (  Casado com Maria Aparecida da Silva, Pai de Vagner Meira Cotrim, Vanilde e Sebastião Meira Cotrim Neto) ao lado a cadela Fúria
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)


Vanderlei Meira Cotrim 4ª Série
(Arquivo pessoal Vagner Cotrim)

3 comentários:

  1. A postagem sobre a família ficou ótima... só faltou você chorando (kkkk).... Tua avó está igualzinha como eu me lembro dela... Abraços...

    ResponderExcluir
  2. meu nome e afonso meira cotrim neto eu qeuri saber onde anda o nome de minha mãe e Veralucia Neres cotrim,,

    ResponderExcluir
  3. Vagner, essas fotos de Sebastião Meira Cotrim e Maria Meira Teixeira, são casal? São seus avós? Posso usá-las para postar em meu blog na página casais colinenses?
    Abraços
    Nestor

    ResponderExcluir